Os maiores erros na hora de comprar a casa própria

Os maiores erros na hora de comprar a casa própria

Aqueles que desejam mudar de vida precisam abrir os olhos quando o assunto envolve o sonho da casa própria. Muitos cuidados devem ser tomados, pois qualquer engano pode pôr tudo a perder. Descubra neste post os erros mais comuns durante a transação para passar longe de grandes enrascadas.

Nós sabemos quão incrível é a sensação de pegar as chaves da casa própria nas mãos para abrir as portas da felicidade. Por conta da ansiedade para conquistar logo um lugar ideal, é bem frequente que as pessoas não se atentem a práticas que têm como objetivos facilitar o negócio e acelerar o processo.

Leia também:
Condomínios de lotes ou casas em bairros: Qual o melhor?

Um planejamento eficiente garante uma casa própria de qualidade.

Por isso, muitas vezes, o que era para ser um momento de extrema satisfação acaba se transformando numa situação estressante e cheia de arrependimento. E vamos combinar que ninguém quer passar por isso, né? Pensando em facilitar o procedimento, nós, da Projeto Mosaico, reunimos os principais deslizes durante a aquisição do novo imóvel para garantir uma compra segura e uma vida repleta de bem-estar e segurança.

Erros comuns ao comprar a casa própria

Evitar de se planejar corretamente

Muito antes de assinar os papéis e finalizar as negociações, o comprador precisa ter em mente que um bom planejamento muda tudo. Juntar dinheiro e entender como as regras e as ofertas da incorporadora impactam os seus rendimentos é fundamental para não contrair dívidas que podem se arrastar por bastante tempo. Uma dica é avaliar com cautela o financiamento e reservar uma parte do montante para despesas extras. Verifique não somente se você tem condições de pagar corretamente as parcelas como também se você pode arcar com o custo total do investimento. Não dá para ficar no aperto trocando o almoço pelo jantar para apostar em algo que vai exigir muito mais de você.

Desconsiderar a situação do mercado

Fique atento às condições do mercado para uma compra da casa tranquila.

Por ser um investimento de longo prazo, aplicar os esforços em pesquisas faz toda a diferença durante o processo de compra da casa própria. Vale ressaltar que conhecer a realidade do setor pode ajudar você a vislumbrar novas oportunidades e perceber se a iniciativa é um bom negócio ou não. Procure sites e blogs, como o nosso, que ofereçam orientações sobre o assunto. Fóruns de discussão, em que usuários reais comentam as suas experiências são importantes. Busque conhecimento acerca do valor do m² ou do modelo de moradia escolhido, por exemplo. Detalhes que hoje parecem superficiais, lá na frente vão contribuir para um processo justo e seguro.

Ignorar o histórico da incorporadora

Um dos maiores erros daqueles que estão pensando em largar de vez o aluguel é não se aprofundar quanto ao passado da empresa responsável pela casa dos seus sonhos. O investimento é alto, portanto todo o cuidado é pouco. Saiba detalhes sobre o relacionamento com os clientes, repare as taxas de avaliação positivas (redes sociais podem ajudar!), leia os comentários de quem já fechou negócio com a construtora. Enfim, certifique-se de que vale a pena optar por aquela incorporadora. Perceba se há um incentivo em relação a benefícios no futuro e não somente na hora da compra.

Não prestar atenção às formas de pagamento

Analise as formas de pagamento para evitar dívidas.

Tópico complementar ao item sobre Planejamento, deixar de ver as formas de pagamento da casa própria complica e muito as suas condições. E por qual motivo? Porque você deve adequar o tanto que poupou ao modo como a construtora pretende trabalhar os seus investimentos. Existem vários caminhos por onde seguir como os financiamentos bancário ou com a construtora, e até mesmo, o pagamento à vista. Na prática, o que queremos explicar é: saiba aplicar bem o seu dinheiro para se livrar de um possível problema no futuro.

Visitar poucas vezes a obra

Beleza, você escolheu o local em que quer viver e agora precisa checar se a casa, de fato, se encaixa no seu estilo. Daí, segue o roteiro: ir à construção, olhar as instalações e se despedir em poucos minutos. Achou estranho? Pois é, e é mesmo! Livre-se de vez da preguiça porque determinação é o ponto-chave nessa fase. Para ter certeza de que o lugar é perfeito para abrigar a sua família, é imprescindível que você avalie o ambiente mais de uma vez, em dias e horários diferenciados. Finais de semana também costumam ser ótimos para identificar como a região funciona no que se refere à movimentação. Converse com os moradores, pergunte sobre o dia a dia nas áreas próximas e pesquise bastante na internet para comparar a realidade com os dados consultados.

Não ter precaução ao ler o contrato

Ler cuidadosamente o contrato proporciona uma negociação agradável.

Aqui, a dica é evitar surpresas desagradáveis depois de assinar o contrato. Portanto, leia o documento com muita prudência. Não sinta vergonha de falar que não entendeu ou que precisa pensar com mais calma sobre o que foi posto no acordo. Afinal, esse é um processo crucial na compra da casa própria e acreditamos que você não quer se meter em problemas. Faça uma apuração das cláusulas e, se continuar em dúvida, não hesite em procurar ajuda de um profissional de confiança.

Gostou do nosso conteúdo? Então não deixe de acompanhar as nossas redes sociais. Nos nossos perfis no Facebook e no Instagram, destacamos dicas valiosas para você ficar por dentro de tudo o que interessa sobre o dia a dia no seu novo lar.



Leave a Comment

Your email address will not be published.