Conheça os principais documentos para registrar o seu imóvel

Conheça os principais documentos para registrar o seu imóvel

Depois de muito procurar por um imóvel, você encontrou um que atende as suas necessidades e de sua família. Mas para garantir que aquele bem seja de fato seu, você precisa registrá-lo no Cartório de sua cidade. E para realizar esse processo, é necessário que você tenha em mãos alguns documentos.

Apesar desse sistema ser bastante burocrático e ter custos que não são baratos, ele é essencial para evitar problemas futuros com seu imóvel. Neste post, vamos falar sobre a documentação necessária para registrar uma propriedade depois da compra e a importância de realizar esse procedimento. Confira!

Qual a importância do registro do imóvel?

Se você compra um imóvel, mas não faz registro do bem em seu nome, você não tem nenhuma garantia de posse sobre ele. Sendo assim, a pessoa que vendeu a propriedade ainda tem poder sobre aquele terreno ou casa, e se caso ela tiver má índole pode até mesmo negociá-la com outro comprador.

Quais são os documentos necessários?

documentos-para-registrar-imovel Para o registro de um imóvel são necessários diversos documentos.

Para o registro são necessários documentos do comprador, do vendedor e do imóvel. Veja quais são eles:

Documentos do vendedor
  • cópia autenticada do RG e CPF de todos os proprietários;
  • certidão de casamento ou nascimento;
  • pacto antenupcial registrado ou da Escritura Pública de pacto antenupcial;
  • comprovante de endereço;
  • profissão do proprietário e do cônjuge.
Documentos do comprador
  • RG e CPF;
  • documentos do cônjuge, no caso de o comprador ser casado;
  • certidão de nascimento ou casamento;
  • pacto antenupcial registrado;
  • comprovante de endereço e profissão do proprietário e do cônjuge.

Leia também:
– Como manter a organização de cada cômodo em casa
– Saiba montar um planejamento eficaz para a compra e construção da casa

Os documentos acima são necessários no caso de você comprar um imóvel diretamente com o proprietário. Já na aquisição junto à uma construtora, a documentação necessária é a seguinte:

  • contrato social da empresa;
  • inscrição no CNPJ;
  • RG e CPF  dos sócios administradores da empresa, comprovante de endereço de cada um deles e profissão;
  • certidão simplificada da junta comercial;
  • certidão negativa de tributos federais;
  • certidão negativa de contribuições previdenciárias (INSS).

registro-imovel-documentos Para imóveis rurais e urbanos, a lista de documentação é diferente.

Documentos do imóvel

Os documentos do imóvel são necessários para seu registro de acordo com a natureza do bem, ou seja, depende se ele é urbano ou rural.

Para o registro de um imóvel urbano é necessário levantar os seguintes documentos:

  • IPTU;
  • matrícula atualizada do imóvel;
  • certidões negativos de ônus e ação;
  • certidão do cadastro no Município, valor da venda e certidão negativa de débitos municipais e estaduais em relação ao imóvel adquirido.

Assuntos relacionados:
– Aprenda a se planejar para a construção da sua casa

Para registrar o imóvel rural são necessários os seguintes documentos da propriedade:

  • ITR (Imposto Territorial Rural);
  • CCIR (Certidão ou Certificado de Imóvel Rural);
  • matrícula do imóvel;
  • certidões negativas de ônus e ações do imóvel.

Como você viu são muitos documentos a serem levantados para o registro de um imóvel e para ter agilidade no processo. É bom levantá-los com antecedência, para não chegar no cartória com documento faltando.

Quais são os custos desse processo?

documentos-registro-imovel O registro de imóveis tem custo.

Esse é um ponto que os compradores geralmente não gostam, pois além de realizarem a compra do imóvel, ainda precisam arcar com as despesas do registro. Os custos desse processo giram em torno de 5% do valor do bem. Claro que não é um valor baixo, mas também não é absurdo! Com um bom planejamento você consegue arcar com as despesas tranquilamente.

O maior custo do registro é em relação ao pagamento do Imposto Sobre Transmissão de Bens e Imóveis (ITBI), mas o valor pode variar de acordo com as normas de cada prefeitura.

Você já sabe quais são os documentos necessários para o registro de um imóvel. Então, agora você pode descobrir os principais erros cometidos na hora de comprar sua casa própria.



Leave a Comment

Your email address will not be published.