Como o trânsito de SP afeta a sua saúde mental e física? - Projeto Mosaico
Área do Cliente

Como o trânsito de SP afeta a sua saúde mental e física?

Enfrentar o trânsito em São Paulo não é tarefa fácil e fazer isso todos os dias pode afetar o funcionamento do seu organismo. Confira no Blog Mosaico como isso acontece…

By: Projeto Mosaico 28/11/2019

Enfrentar o trânsito em São Paulo não é tarefa fácil e fazer isso todos os dias pode afetar o funcionamento do seu organismo. Confira no Blog Mosaico como isso acontece e as dicas para fugir do prejuízo

Cada dia mais escutamos os especialistas falarem sobre os cuidados com a saúde, a boa alimentação e a prática de exercícios físicos, e como tudo isso ajuda você a ter uma vida mais tranquila e com menor propensão aos problemas mais graves, do tipo que afetam a saúde física e mental.

Entretanto, algumas rotinas fogem ao nosso controle, como o trânsito. Como evitar que o trajeto para o trabalho seja estressante e engarrafado? Como viver com mais qualidade de vida, sem abrir mão da carreira? Vamos falar um pouco sobre como conseguir conciliar algumas coisas, abrir mão de outras e ter uma vida saudável. Boa leitura!

O trânsito de São Paulo e a sua saúde física

Ficar no trânsito de São Paulo todos os dias pode afetar a sua saúde mental e física de uma forma que você nem imagina. E, se imagina, então é importante começar a pensar em como a sua vida poderia ser melhor se você conseguisse evitar essa rotina estressante. 

A primeira coisa que se pensa quando o tema é saúde e trânsito é o sistema respiratório, que fica prejudicado devido à poluição. E esse pensamento está correto, pois estudos apontaram para um grande índice de doenças respiratórias graves, decorrentes diretamente da poluição de grandes centros, cujo trânsito apresenta lentidão e muitos pontos de engarrafamento, como acontece diariamente em São Paulo. 

Normalmente as doenças acometem aqueles que ficam mais de uma hora consecutiva no trânsito. A falta de flexibilidade no deslocamento também contribui para o desenvolvimento de problemas com a saúde mental e física.

Ataques cardíacos, derrames e doenças do sistema respiratório, como bronquite asmática, asma e até câncer de pulmão, estão muito ligadas a ambientes com poluição em excesso, como o trânsito de São Paulo. Você sabe com quantos itens tóxicos tem contato todos os dias? O Detran PR listou alguns deles e seus principais efeitos.

Índices apontam para mais de 4 milhões de mortes no mundo decorrentes da poluição, além de também responsabilizar o trânsito por outros problemas, como dores no corpo pela má postura, o estresse e o pânico ao dirigir. 

A saúde mental prejudicada pelo caos do trânsito em São Paulo

E, por falar em pânico e estresse, é importante saber como a permanência diária em um trânsito caótico pode afetar a sua saúde mental. É claro que a profissão de motorista tem sua carga de estresse aumentada, mas você não precisa ser um profissional do volante para sentir alguns efeitos dessa rotina.

Na realidade, existem casos em que os sintomas nem são associados diretamente ao trânsito e seus problemas, mas é importante estar atento, para poder identificar situações que podem estar causando mais tensão e, por consequência, sintomas de estresse. 

O cortisol é o hormônio que ajuda a regular o nosso estresse e os seus níveis sofrem oscilação durante o dia, com picos no período da manhã. Sua função também é regular o metabolismo, a pressão arterial, a função cardiovascular e a atividade imunológica, auxiliando o organismo a responder ao estresse, mobilizando-o para uma atividade intensa. Quando estamos sob estresse crônico, o cortisol é produzido em altos níveis, causando uma sobrecarga sobre esses sistemas e sobre outras funções corporais, causando desequilíbrio no seu funcionamento.

Sob pressão, o motorista em um trânsito caótico tem reações agressivas, apresenta comportamento competitivo e a predisposição para uma condução imprudente, com tendência à tomada de decisões por impulso, sem avaliar direito os riscos que elas oferecem.

E não é só no trânsito que o excesso de cortisol causa prejuízos, pois os comportamentos se alteram no dia a dia. Isso pode causar diversos problemas, inclusive de relacionamento, atingindo o âmbito profissional e o pessoal.

Um estudo feito pela empresa britânica Vitality Health, em parceria com a Universidade de Cambridge, mostrou os efeitos de um deslocamento diário superior a 30 minutos. Os resultados mostraram que, seja dirigindo ou como passageiro, ficar no trânsito por períodos longos pode aumentar a propensão das pessoas ao estresse, à depressão, aos problemas de sono e queda na produtividade.  O comportamento de mais de 34 mil trabalhadores de indústrias do Reino Unido serviu de base para o estudo que ainda identificou que aqueles que enfrentavam viagens com mais de uma hora de duração tinham os piores resultados com relação à saúde mental: 33% apresentaram risco de depressão e 12% maior probabilidade de relatar estresse relacionado ao trabalho. Além desses riscos, 46% mostraram tendência de dormir menos do que as sete horas de sono recomendadas por noite.

5 hábitos para manter a saúde mental em dia

Quando evitar o trânsito não é uma opção, temos alguns hábitos que podem ajudar a melhorar o convívio com essa situação de estresse. 

– Saia mais cedo de casa: alterar a programação de horários, evitar momentos de pico e até mudar os compromissos para períodos alternativos pode ajudar você a fugir dos grandes engarrafamentos, economizando tempo e combustível.

– Use caminhos alternativos: procure evitar grandes avenidas e caminhos tradicionais, binários, que possuem de trânsito intenso e grande fluxo de veículos. As rotas alternativas também podem economizar seu tempo e seu dinheiro.

– Faça exercícios respiratórios: parece bobo, mas respirar com calma, inspirando e expirando lentamente ajuda o organismo a liberar endorfina, aumentando a sensação de bem-estar e melhorando o humor.É claro que são pequenos hábitos, mas eles podem fazer a diferença entre um dia calmo e um dia em que você perde a paciência por coisas pequenas. Além disso, morar em uma região mais calma, que proporcione mais tranquilidade ao se deslocar para o trabalho e demais compromissos pode ajudar a evitar todos esses problemas. Se você pensa em mudar para uma região mais tranquila, conheça o Mosaico Essence, em Mogi das Cruzes. Converse com os nossos especialistas e eles vão te indicar a solução ideal para viver longe do estresse.

')}
Disqus
Outros Posts