Como ter uma boa relação com os seus vizinhos?

Como ter uma boa relação com os seus vizinhos?

Cada bairro possui uma característica própria. Alguns são festivos e barulhentos, outros são silenciosos  e compostos por moradores que preferem se manter isolados. Mas independentemente do tipo de bairro em que você mora, algumas regras básicas de convivência devem ser seguidas para estabelecer uma boa relação com os seus vizinhos.

Aqueles que resolveram apostar num condomínio de lotes, por exemplo, precisam mais do que nunca manter a tranquilidade a fim de garantir um espaço calmo e confortável para todos. Essas regras de etiqueta têm por objetivo criar um cenário harmonioso, além de evitar hostilidades e ressentimentos que possam minar futuras amizades.

Leia também:
– 5 dicas para os futuros moradores de um condomínio de lotes 
– Os maiores erros na hora de comprar a casa própria

Como ter uma boa relação com os vizinhos? Não seja o vizinho barulhento!

Boa relação com a vizinhança.

Preze uma boa relação com a vizinhança.

Ninguém espera que você seja silencioso como um gato, mas é preciso respeitar certas regras básicas para não perturbar o sossego dos vizinhos. Portanto:

– Não fale alto ou grite com algum vizinho que está longe de você;

– Se precisar usar uma ferramenta elétrica, como uma furadeira, evite o horário da noite, principalmente, se seus vizinhos morarem muito próximos a você;

– Não corte o gramado ou regue as plantas antes das 9 horas;

– Não buzine ao chegar em casa sem necessidade;

– Durante o verão, é ótimo ficar batendo papo com amigos até tarde da noite, não é mesmo? No entanto, diminua o tom da voz e não prolongue esses encontros até altas horas, caso a janela de algum vizinho seja muito próxima a sua varanda. Ele não ficará nada feliz em perder uma noite de sono;

– Evite todo ruído entre as 8 horas da manhã e as 8 horas da noite. Isso inclui música alta, crianças andando de scooters e as comemorações do fim de um campeonato de futebol.

Não seja o vizinho folgado

Vizinhança mais velha.

Lembre-se do respeito e limites com seu vizinho.

Você que ser o vizinho folgado que pede as coisas emprestadas e não devolve? Acredito que não. Seja gentil e prestativo e use regras básicas de etiqueta na relação com seus vizinhos. Sua vizinhança é composta por pessoas que você verá todos os dias, ou pelo menos, com muita frequência. Desta forma:

– Respeite o espaço pessoal dos seus vizinhos e não entre na casa de alguém, caso não tenha sido convidado;

– Evite pedir coisas emprestadas, mas caso isso seja extremamente necessário, as devolva imediatamente depois de usá-las. Se você danificar o objeto, pague o conserto ou o substitua por um novo;

– Não seja o vizinho fofoqueiro! Isso é rude e pode dificultar que você estabeleça uma boa relação com a sua vizinhança;

– Caso você tenha algum problema com o seu vizinho, procure-o diretamente e exponha o problema de maneira direta. Faça um esforço para acertar as coisas em termos amigáveis;

– Nem todo mundo é louco por animais de estimação. Por isso, mantenha os seus bichinhos longe do gramado do vizinho e limpe a sujeira que eles deixarem nas calçadas;

– No final de ano, ofereça aos seus vizinhos um pequeno presente caseiro ou algum petisco natalino e não espere nada em troca. Gentileza gera gentileza;

– Caso o seu condomínio possua uma associação de moradores, conheça as regras e siga-as pontualmente.

Assunto relacionado: 
 Como manter a organização de cada cômodo em casa

Não seja o vizinho bagunceiro

Amigas abraçadas.

Viva em harmonia com os seus vizinhos.

Um bom vizinho deve manter o exterior da casa em perfeitas condições e o gramado sempre aparado e livre de mato. Se você não puder cuidar do seu jardim, contrate um jardineiro para mantê-lo em bom estado. Siga alguns cuidados simples:

– Corte o gramado regularmente e não deixe que o mato se acumule;

– Pinte as paredes externas sempre que necessário;

– Certifique-se de que árvores e arbustos não se espalhem pelo quintal do vizinho. Isso inclui galhos e ervas daninhas;

– Remova bicicletas, skates e os brinquedos dos seus filhos da frente da casa no final do dia.

Não seja o vizinho festeiro

Você pode fazer quantas festas quiser na sua casa, desde que não perturbe os vizinhos. Uma comemoração em um dia especial pode ser perdoada, mas festas barulhentas todo o final de semana podem fazer de você o pior vizinho da rua e estragar qualquer chance de relação agradável. Respeite o descanso e o sono da vizinhança e ao fazer uma festa:

– Peça aos seus convidados que estacionem na sua garagem ou na frente da sua casa. Certifique-se de que nenhum carro esteja bloqueando a entrada da casa de alguém e de que ninguém esteja usando uma vaga reservada para outro vizinho;

– Diminua o volume do som depois das 22 horas e, caso algum vizinho venha reclamar do barulho, seja amigável e peça desculpas;

– Convide seus vizinhos para algumas das suas festas. Esse gesto mostra simpatia e fará com que eles se sintam menos incomodados com o som alto dos seus convidados se divertindo;

barulho-alto-festa

Preste atenção nos horários para fazer festas.

Não seja o vizinho apático

Os vizinhos podem ser como uma família, por isso não seja apático! Se apresente de forma amigável aos novos e seja gentil com aqueles com quem você já convive há muito tempo. Ofereça um doce ou uma bebida de boas-vindas e se disponibilize para ajudar na hora de descarregar os móveis.

Como você viu, uma boa relação com os vizinhos inclui seguir pequenas regras de etiqueta. Manter o carinho pelos outros moradores permitirá que eles experimentem uma sensação de bem-estar e fará com que todos se sintam rodeados de amigos.

Agora que você já sabe como ter uma boa relação com os seus vizinhos, que tal descobrir como manter a organização em cada cômodo da casa?



Leave a Comment

Your email address will not be published.