Animais em condomínio: como evitar problemas?

Animais em condomínio: como evitar problemas?

Mais de 130 milhões de lares ao redor do mundo possuem animais de estimação. Embora queridos por grande parte da população, algumas pessoas simplesmente não gostam de animais. Para essas pessoas, latidos no meio do dia e gatos invadindo o jardim podem ser a causa de muito estresse. Mas com um pouco de esforço, esses desafios podem ser superados! E você, seu animal de estimação e seus vizinhos podem coexistir em paz e harmonia. Você possui animais de estimação e quer evitar problemas? Saiba como no post de hoje!

Animais em condomínio – fique atento ao barulho

Mulher ao lado de animais. Não permita que o seu cão incomode o seus vizinhos.

O barulho é a reclamação número um de quem tem um cachorro como vizinho de cerca.  Cães pequenos tendem a ser vigilantes e a latirem ao menor ruído. Cães maiores, geralmente, latem apenas quando precisam ir ao banheiro. Mas o maior problema é um cão ansioso, que late muito quando o dono não está em casa.

Faça um teste!
Encene que está saindo de casa, mas espere por alguns minutos nas proximidades e veja como o seu animal se comporta. Se você confirmar que ele está mesmo fazendo muito barulho, tente acalmá-lo com alguns alguns truques simples:

– Mantenha as cortinas cerradas. Um ambiente mais escuro tem um efeito calmante sobre a maioria dos cães;

– Deixe um rádio ou a televisão ligada em um volume baixo, em muitas casas a TV está sempre ligada quando alguém está em presente. Acredite, o seu animal se sente muito sozinho quando a casa está totalmente silenciosa;

– Ao sair, ofereça ao seu cachorro um brinquedo mastigável. Esse objeto deve despertar a sua atenção e ser algo espetacular, que o mantenha ocupado por um longo período. Ofereça o brinquedo antes de sair, mas não se esqueça de esfregá-lo na mão várias vezes para que o brinquedo fique com o seu cheiro.

Não deixe o seu quintal acumular sujeira

Mulher limpando a sujeira do cachorro.Sempre limpe a bagunça do seu animal.

Fazer com que o seu cachorro se alimente em um horário regular fará com que ele precise ir ao banheiro sempre no mesmo horário – é importante se lembrar que os cães devem sempre sair para passear depois de comer. Seja um dono organizado e tenha em mãos um kit sempre pronto para entrar em ação. Inclua sacolas extras de lixo e uma lanterna, caso saia para um passeio noturno. Recolha as fezes do seu animal imediatamente e não deixe que ele urine no muro do vizinho.

Se você é amante de gatos, manter a sua caixa de areia sempre limpa é extremamente importante para quem tem vizinhos próximos. Assim como os odores da cozinha viajam entre as unidades, o mesmo acontece com os odores dos animais domésticos.

Agora, se você tem um gato fujão, que pula o muro e faz a casa dos vizinhos de banheiro coloque tela nas janelas e nas grades para evitar o problema.

Seja atencioso com os seus vizinhos

Criança com cachorro e gato. Mantenha o seu cão na coleira ao sair para passear.

Você precisa compartilhar alguns espaços com os seus vizinhos, então mantenha o seu cão na coleira, pois algumas pessoas têm medo de animais. Não reforce esse medo permitindo que o seu cachorro avance ou pule nas pessoas. Recompense o seu animal pelo bom comportamento oferecendo guloseimas, os cães educados não geram problemas e garantem que você faça novos amigos.

A maioria dos condomínios têm regras para animais de estimação, portanto, familiarize-se com elas! Agora que você já sabe como evitar que o seu animal de estimação crie problemas no seu condomínio. Que tal descobrir o que é melhor? Condomínios de lotes ou casas em bairros? 



Leave a Comment

Your email address will not be published.