DESCUBRA os 5 estilos de casa que mais combinam com a sua família!

DESCUBRA os 5 estilos de casa que mais combinam com a sua família!

O sonho da casa própria faz parte dos planos de muitos brasileiros. E para ele se tornar realidade é necessário bastante planejamento, de todos os tipos. Podemos destacar o planejamento financeiro, o planejamento para a escolha do bairro mais seguro e também o planejamento que vai definir, entre os estilos de casa, o ideal para a sua família.

Sim, porque antes mesmo de construir e fazer a mudança para um novo endereço, é preciso pensar em qual tipo de construção mais atende às suas necessidades. Por isso, nesta matéria, vamos mostrar para você os 5 principais deles. Você vai entender também sobre como cada imóvel afeta o seu dia a dia. Acompanhe:

Estilos de casa mais indicados

1) Casa térrea ou casa de um andar

Entre os estilos de casa existentes, esse modelo de construção é ideal para as famílias que têm crianças e idosos em casa porque ele não oferece muitos obstáculos que atrapalham a locomoção.

No caso das pessoas mais velhas, por exemplo, não vai ser preciso se preocupar com degraus ou corredores muito apertados porque uma das características das casas de um andar é que elas aproveitam bem o espaço para os lados. Isso também permite que os seus filhos aproveitem mais o dia a dia porque eles vão poder brincar à vontade pelos cômodos da casa.

Quanto à decoração dos compartimentos, vai depender do gosto do morador mesmo porque para um lugar espaçoso não existem tantas restrições assim.

Uma das únicas preocupações que o morador vai precisar ter diz respeito ao tamanho do terreno que precisa ser grande o suficiente para comportar uma casa tão ampla.

Ele também terá que pensar no aproveitamento da luz nesses compartimentos. Porque, quando não há espaço suficiente, é muito comum alguém ficar com a vista do quarto para o muro ou para as paredes de outra parte da casa.  

2) Casa de dois andares

Diferente das casas térreas, nesse tipo de construção, é possível aproveitar melhor os espaços de um terreno menor porque, em vez de crescer para os lados, esse estilo de casa, obviamente, cresce para cima. E essa vantagem dá a possibilidade de criar uma interação maior entre os andares.

O morador também ganha mais privacidade porque os quartos e o escritório, por exemplo, podem ficar no andar de cima, sem vista para rua ou, pelo menos, sem uma distância muito aproximada dela.

Tanto a fachada da casa quanto o estilo da arquitetura escolhidos vão ajudar na entrada de luz e ventilação, principalmente, se o imóvel dispor de um pé direito duplo, que é a altura do piso ao teto, só que numa proporção maior.

Na prática, esse projeto aumenta a sensação de espaço, ampliando o conforto visual e os encontros físicos dentro do lugar. Isso facilita, inclusive, a decoração que pode assumir um estilo único e mais minimalista.

Por outro lado, a desvantagem desse estilo de casa é a necessidade de escadas e corrimões, o que pode ser um pouco perigoso para quem tem pessoas mais velhas, bem como crianças muito pequenas. A princípio, a solução para esse problema seria adaptar o térreo justamente para que essas pessoas consigam realizar todas as suas atividades sem precisar usar as escadas.

3) Casa pré-fabricada

Um dos maiores benefícios das casas pré-fabricadas é a rapidez para a execução do projeto. Como elas são feitas por módulos, o morador consegue definir muito bem como ele vai querer cada pedaço do imóvel. O mais legal é que esse tipo de moradia pode ser feito com vários tipos de materiais como o aço, a madeira e o concreto. Então, além de escolher exatamente como você vai querer cada pedacinho da sua casa, você ainda consegue definir o tipo de estrutura que vai ser empregado.

Com tantas vantagens assim, vale reforçar também algumas observações. Primeiramente, construir uma casa pré-fabricada exige os mesmos cuidados em relação aos documentos e processos que uma casa de alvenaria.

Tem também a questão dos custos que são um pouco maiores em comparação com os modelos tradicionais. Como a casa é pré-fabricada, acaba que o morador precisa pagar toda a obra de uma vez ou uma boa parte do projeto logo no começo da construção.

As casas pré-fabricadas são uma boa alternativa para quem precisa ganhar tempo. São modelos mais flexíveis porque podem ser adequados às necessidades da família. Os custos num primeiro momento podem ser menos vantajosos frente aos outros estilos de casa, mas ao longo do processo de construção eles se mostram mais assertivos.

Um exemplo disso é o controle dos gastos nas obras. Como as peças de uma casa pré-fabricada são padronizadas, é possível ter uma ideia do quanto você vai gastar para montar um cômodo em específico.

Como nós explicamos um pouco mais acima, como o morador tem a possibilidade de escolher utilizar outros tipos de materiais na obra, além do tradicional concreto, o projeto de arquitetura também pode contar com módulos feitos de contêiner.

Essa alternativa pode ser usada, por exemplo, como uma extensão da sala de estar ou da varanda e não, necessariamente, compor a casa inteira. Para quem já está pensando no calor que pode fazer dentro de uma construção assim, não é preciso se preocupar.  

Antes de o contêiner ser entregue para o morador, é feito todo um processo de adaptação do material como o isolamento térmico, acústico, a implementação de vidraças e tubos de ventilação.

4) Casa sustentável

Um projeto de casa sustentável envolve muito mais do que a preocupação com o futuro do meio ambiente. Esse estilo de construção, além de gerar um impacto menor na natureza, consegue reduzir também as suas contas de água e energia.

À primeira vista, os custos são realmente mais altos porque você vai precisar investir em ferramentas que conseguem aumentar o aproveitamento dos recursos naturais. Porém, com o passar dos anos, a economia gerada consegue cobrir esses gastos iniciais.

E como isso impacta o dia a dia da sua família? Basicamente, o primeiro ponto tem relação com a diminuição do uso de lâmpadas para iluminar os ambientes internos. Uma casa sustentável dispõe de janelas bem grandes para permitir que a luz entre na casa durante a maior parte do dia.

Caso você disponha de um escritório, que é um ambiente que deve ser bem iluminado sempre, você não vai se sentir prejudicado porque basta abrir as cortinas para começar a trabalhar. O mesmo vale para o cantinho dos estudos dos seus filhos que vão poder estudar com mais privacidade e bastante luz.

A economia de água é um dos pontos fortes das casas sustentáveis. Ainda durante o projeto de construção, dá para trabalhar com um sistema que reutiliza a água do banho e capta a água da chuva. Depois essa mesma água poderá ser usada para dar descarga e lavar pátios e calçadas.

O lado bom desse tipo de moradia é que esse sistema pode ser implantado nos outros modelos de casas que nós apresentamos mais acima. Ou seja, você pode adotar soluções sustentáveis em casas térreas, pré-fabricadas ou de dois andares, variando de acordo com a sua necessidade.

5) Casa de Steel Frame

Por último, mas não menos importante, temos os imóveis de estrutura metálica. Tendência fora do país, as casas Steel Frame têm ganhado cada vez mais espaço no Brasil. E uma das razões é a redução no desperdício de materiais.

No caso das moradias Steel Frame, o aço empregado funciona como uma espécie de esqueleto para receber o revestimento, que pode ser de pedra, cerâmica, vidro, entre outros. O tempo de execução é muito rápido e o uso de materiais é consciente.

O custo-benefício é bom porque, como não há sujeira no canteiro de obras, o gasto com perdas de ferramentas ou com cortes de peças é nulo.

Depois de pronta, uma casa Steel Frame consegue oferecer um conforto acústico muito bom. E o isolamento térmico também é uma das grandes vantagens. Ou seja, na prática, você consegue viver com mais conforto porque os ruídos do trânsito ou de obras na região é abafado.

É possível ainda expandir uma parte da sua casa, que pode ser tanto térrea quanto sustentável ou pré-fabricada, por exemplo, com o auxílio de uma estrutura de aço.

Vamos supor que você queira construir um compartimento a mais, um que seja mais integrado ao restante do quintal. Com o auxílio das placas de aço, você tem essa chance. Pode ser uma cobertura com o teto de vidro ou um cômodo todo fechado com um isolamento completo.

Gostou desse conteúdo sobre estilos de casa? Então sabe do que você vai gostar mais? Do nosso infográfico que ensina como aproveitar da melhor maneira o seu terreno.

Nele, nós mostramos:

  • Os benefícios de um planejamento para a área da construção;
  • As orientações fundamentais para a utilização proveitosa dos espaços;
  • Os estilos de casa existentes;
  • Um jeito incrível de transmitir vida e personalidade aos ambientes.

Para acessar o material completo, basta clicar aqui.